"O meu sonho é ter um penteado como o do Nuno" - (terá dito) Marcelo Rebelo de Sousa "O Zé precisa do Nuno" - José Sá Fernandes durante um sonho molhado "I me Nuno" - Verdadeiro título de canção dos Beatles

quinta-feira, agosto 24, 2006

Devem pensar que o Sousa é o Santana Lopes não?

Estou a achar um piadão à história das reformas antecipadas na C.M. de Setúbal. è que tudo isto foi levantado para fazer a folha ao Carlos Sousa e ao PC! Então não queria o governo reduzir o número de funcionários públicos? O Sousa e o Aranha estavam a tratar disso, fazendo-o com alguma justiça, com a falada indemnização aos trabalhadores. Acho que não era nada de mais.
Mas pronto, vivemos num país em que a imprensa é controlada pelos liberais e pela direita o que resulta nesta campnhas algo vergonhosas contra elencos que estão desempenhar um trabalho razoável (afinal, Sousa tinha sido reeleito nas ultimas autárquicas, logo os sadinos não deviam estar muito descontentes, pois não?...), clamando também para que se realizem eleições antecipadas em Setúbal. Para quê, se as coisas estão a correr dentro da normalidade? O que me lixa é que são as mesmas pessoas que defendem a privatização de todo o país e a morte em auto-da-fé dos funcionários públicos, quais judeus bodes-expiatórios de todos os males do país...
Haja paciência.

3 comentários:

Ogre disse...

ao sousa e ao pc, não. ao sousa no pc.
não nos esqueçamos que estamos a falar de uma pessoa que foi autarca modelo durante 19 anos.
foi o pc que lhe quis fazer a folha, por ele não ser da linha dura.
um dia que venhas a lisboa liga-me, vamos tomar um café, e eu explico-te isso tudo.
é muito complicado para explicar aqui.
grande abraço

I wanna be Nuno Rogeiro disse...

Mas apostar em alguém que não seja da linha dura, por duas vezes, em Setúbal? Parece um pouco suspeito, não?...

A ver se se bebe um café daqui a duas semanas!

Ogre disse...

setúbal é daqueles casos em que é o candidato que ganha, não o partido.
se o pcp lhe cortasse as vazas antes das eleições perdia a câmara de certeza, assim cortam-lhas a seguir, e dizem que não querem eleições. querem pôr lá outro.