"O meu sonho é ter um penteado como o do Nuno" - (terá dito) Marcelo Rebelo de Sousa "O Zé precisa do Nuno" - José Sá Fernandes durante um sonho molhado "I me Nuno" - Verdadeiro título de canção dos Beatles

sábado, junho 23, 2007

Ouvidos demodée?


Se há coisa que me aborrece de sobremaneira é quando, num meio de uma discussão sobre música, muitas pessoas se referirem de maneira pejorativa a canções e/ou artistas cujo época de maior fulgor já passou.
É que isso chateia-me mesmo pá. É que depois temos de levar com essa malta a falar bem dos Mozarts e Beethovens. Atendendo que estes senhores que acabram de ser mencionados já estão a fazer tijolo há umas boas dezenas de anos, onde é que está actualidade deles?
Tudo bem que se calhar não iríamos agora escutar músicas que ouvíamos há 10/15 anos atrás (conheço muito boa gente que ouvia o techno manhoso produzido em resma pela Vidisco!), mas o calejar da idade e dos ouvidos permite-nos saber abranger todo uma série de espectros sonoros. Eu por exemplo dou por mim a pensar que há 15 anos seria impensável ouvir o "GP/Grievous angel" do grande Gram Parsons, que é uma das jóias da minha discoteca. E agora já ouço com maior dificuldade (mas sempre com uma ponta de saudável nostalgia) o "Born dead" dos Body Count! Mas nunca renego à partida uma música que desconheço!!
Ora se a música é melodia, harmonia e outras sensações sonoras de mais, então porque é que vou ver quando é que determinada canção foi editada? Quererá a maior parte das pessoas não descarrilar do comboio da moda e gostos em comum que a sociedade nos obriga a partilhar?

Pois eu digo: Antes o "Day tripper" dos Beatles..
(mau exemplo, fica sempre bem dizer que se gosta dos Beatles!)
OK, antes o "You're Gonna miss me" dos 13th Floor Elevators que os EZ Special!!! Chamem-me antiquado que eu gosto! Ao menos não sou duro de ouvido.

P.S. - E levam com o clip dos 13th. Mas não levam dos EZ Special. É que até eu tento fazer serviço público!

3 comentários:

AMAFAS disse...

"Born yellow, born brown, born red..."

Bem mais baixinho, mas ainda se ouve!

castor disse...

assim é que é, pá! eu sou ao contrário: à partida falo mal do que é actual!
e sim, o paul tinha que estar lá. se não houvess paul, não havia beatles.

Paulo Nupi disse...

Penteados à parte. A boa música é intemporal,de facto, mas não devemos de forma alguma renegar à partida músicas que desconhecemos. Será que ouvi um referência ao techno como uma forma menos sublime da expressão musical?